Serviços de TI devem movimentar US$ 22,4 bi neste ano na América Latina

O mercado de serviços de TI deve movimentar cerca de US$ 22,4 bilhões neste ano na América Latina, o que representa um crescimento de 11% na comparação com o ano passado, de acordo com estudo da IDC divulgado nessa terça-feira. A consultoria reviu para cima a projeção de expansão do setor em dois pontos percentuais, já que inicialmente estimava um aumento de 9%.

A IDC atribui a expansão ao movimento de consolidação e virtualização de data centers, que tem proporcionado uma adoção mais acelerada de tecnologias de computação em nuvem, o que deve impulsionar a indústria de serviços de TI na região.

De acordo com a consultoria, as duas tecnologias estão assumindo um papel cada vez mais importante nas agendas dos CEOs latino-americanos. Os setores de telecomunicações, financeiro e de manufatura são os que mais gastam com serviços de TI, respondendo por 62% dos investimentos.

No ano passado, diz a IDC, Brasil, Peru e Colômbia foram os países da América Latina que registraram o maior crescimento dos serviços de TI, que ultrapassou a casa de 20%.