ITI cria comissão para tratar de assuntos internacionais

ITI cria comissão para tratar de assuntos internacionais

A ação tem o objetivo de centralizar as ações do ITI voltadas para o contato com outros países, tornando assim os processos mais ágeis e objetivos
Data da publicação: 30/05/2018
Foi publicado no Diário Oficial da União (DOU) de ontem, 29, a Portaria nº 37 do Instituto Nacional de Tecnologia da Informação (ITI), que cria a Comissão Permanente de Assuntos Internacionais (CPAI) no âmbito da autarquia. A ação tem o objetivo de centralizar as ações do ITI voltadas para o contato com outros países, tornando assim os processos mais ágeis e objetivos.
 
A CPAI será coordenada pelo Diretor-Presidente do ITI Gastão Ramos e composta pelos diretores de Infraestrutura de Chaves Públicas (DINFRA) Waldeck Araújo Junior e de Auditoria, Fiscalização e Normalização (DAFN) Rafaelo Abritta, que deverão indicar um representante de suas respectivas áreas para prestarem assessoria técnica na condução dos trabalhos.
 

“Tradicionalmente, o ITI compartilha conhecimentos e auxilia outras nações no desenvolvimento de suas Infraestruturas de Chaves Públicas, conhecidas como PKI. Vislumbramos, entre outras possibilidades, o reconhecimento mútuo de assinaturas digitais, para que os certificados brasileiros sejam admitidos em outras nações e os nelas emitidos tenham validade técnica e jurídica no Brasil. Além disso, nosso sistema nacional de certificação digital é internacionalmente reconhecido, haja vista a honrosa menção no Senado Americano quando a ICP-Brasil foi apontada como potencial modelo a ser seguido pelos Estados Unidos. É muito importante que tenhamos um grupo que acompanhe nossas relações com outros países”, afirmou Ramos. 

 

Fonte: ITI
CLSW 105 - bl. A - salas 104 a 106 / Sudoeste - Brasília-DF - 70670-431 - (61) 3234.6282