Presidente da ABRID participa de Fórum Político no Biometrics HITech

Presidente da ABRID participa de Fórum Político no Biometrics HITech

O painel teve por objetivo debater sobre os desafios e oportunidades oferecidos pela Lei 13.444 de 11 de maio de 2017 que dispõe sobre Identificação Civil Nacional (ICN)
Data da publicação: 01/09/2017
Na manhã do dia 29 de agosto, o presidente da Associação Brasileira das Empresas de Tecnologia em Identificação Digital (ABRID), Célio Ribeiro, participou do Fórum Político sobre a Lei da Identificação Civil, evento paralelo ao Biometrics HITech 2017 e XIV Congresso Brasileiro de Identificação, realizado em Brasília/DF.
 
O painel teve por objetivo debater sobre os desafios e oportunidades oferecidos pela Lei 13.444 de 11 de maio de 2017 que dispõe sobre Identificação Civil Nacional (ICN).
 
Na ocasião, Ribeiro reforçou o compromisso da ABRID em contribuir para o aperfeiçoamento do sistema de identificação civil do Brasil e demonstrou seu apoio ao ICN, no que diz respeito a contribuição que pode ser dada à modernização e segurança na área de identificação.
 
Falou também sobre a importância da efetiva participação dos órgãos oficiais de identificação no processo, ressaltando que, em sua opinião, os mesmos devem se aproximar do TSE e buscar informações e padrões daquilo que está sendo desenvolvido para, de forma contributiva, discutir e contribuir para a busca do melhor resultado técnico possível. 
 
Para o Presidente da ABRID, a Lei 13.444/17 traz como foco principal a criação e gerenciamento de um banco de dados biométrico, o
qual será usado para conferência de autenticidade, através de consultas por instituições públicas e privadas. Em paralelo, trata da criação de um documento de identificação, o qual deverá ser criado através do Comitê Gestor a ser criado. Acredita que as adequações necessárias serão feitas a partir da constituição desse Comitê Gestor da ICN, ao qual a ABRID através de ofícios ao TSE e a Casa Civil da Presidência da República, já se colocou à disposição para apoiar os trabalhos subsidiando os integrantes com informações técnicas e de mercado, de forma a se construir o melhor para o País.
 
Em sua opinião o Registro de Identidade Civil (RIC) permanece sendo uma opção para a modernização do sistema de identificação do País, visto que é uma genuína proposta de identificação civil moderna, fruto de um trabalho desenvolvido por órgãos de identificação federal e estaduais, além da colaboração da iniciativa privada.

Além de Célio Ribeiro, participaram do Fórum o diretor-presidente do Instituto Nacional de Identificação (ITI), Gastão Ramos, o presidente da Associação Nacional dos Registradores de Pessoas Naturais (Arpen-Brasil), Arion Cavalheiro e o presidente da Federação Nacional dos Peritos Oficiais em Identificação (Fenappi), Antonio Maciel Filho que foi o mediador do Fórum. 

 

Fonte: Ascom ABRID
CLSW 105 - bl. A - salas 104 a 106 / Sudoeste - Brasília-DF - 70670-431 - (61) 3234.6282