Modernização de documentos: tema reúne associadas da ABRID

Modernização de documentos: tema reúne associadas da ABRID

Reunião aconteceu na última terça-feira e contou com a presença do diretor do Instituto Nacional de Identificação (INI), além do chefe da administração Afis, ambos do Departamento de Polícia Federal
Data da publicação: 27/07/2016
 
 
Representantes das Empresas Associadas
 
 
Na tarde desta terça-feira, 26, sob o comando de seu presidente executivo, Célio Ribeiro, as empresas associadas à Associação Brasileira das Empresas de Tecnologia em Identificação Digital (ABRID) se reuniram para discutir sobre projetos para modernização de documentos brasileiros em curso.
 
Dentre os projetos, o Registro de Identidade Civil (RIC) foi o mais comentado, também foram lembrados o Registro Civil Nacional (RCN), avanço do uso da biometria, certificação digital, documentos funcionais do Departamento de Polícia Federal (DPF), além da ampliação do sistema Afis (Automated Fingerprint Identification System) do Departamento.
 
O diretor do Instituto Nacional de Identificação (INI), Brasílio Caldeira Brant, esteve na reunião acompanhando do papiloscopista policial federal e chefe da administração Afis, Clauber Franco Miranda. Caldeira expôs sobre o projeto de ampliação do Afis do DPF e se colocou à disposição da indústria, “nós queremos o melhor para o País e sabemos que alcançaremos o melhor com a participação de todos”, pontuou o diretor.
 
Na oportunidade, os representantes das empresas associadas puderam esclarecer dúvidas, além de propor iniciativas para enriquecimento dos projetos e atuação da indústria, como novas consultas públicas para atualização de informações como tecnologia disponível e capacidade produtiva.
 
O chefe da administração Afis, Clauber Franco Miranda, expôs que representantes do DPF conheceram os sistemas de vários países tidos como referência no assunto. Expôs que o termo de referência para a aquisição do sistema está em fase de conclusão, contudo não descartou a possibilidade da realização de novas consultas no Brasil, uma vez que a última foi realizada no ano de 2014.
 
As empresas Associadas que se fizeram presentes figuram entre as maiores empresas do mundo na área de identificação, sendo responsáveis por cerca de 80% dos sistemas de identificação implantados no mundo. O presidente da ABRID aproveitou para questionar se a indústria continua apoiando o Projeto RIC e acreditando ser este o mais adequado para a identificação civil brasileira, ao que todos se manifestaram favoráveis.
 
Assim, Célio Ribeiro ratificou junto aos representantes do DPF, que a ABRID permanece acreditando no RIC para o bem do País e destacou a atuação das associadas. “A indústria instalada neste País, que nos últimos oito anos, modernizou os parques fabris, investiu milhões em instalações e equipamentos além de contratar e qualificar centenas de funcionários, continua acreditando que este é o projeto de identificação mais adequado para a modernização do documento de identificação do brasileiro”, finalizou Ribeiro.  

 

Fonte: Ascom ABRID
CLSW 105 - bl. A - salas 104 a 106 / Sudoeste - Brasília-DF - 70670-431 - (61) 3234.6282