CMB participa do Lounge de Sustentabilidade do Rio 2016

CMB participa do Lounge de Sustentabilidade do Rio 2016

Os jornalistas foram conhecer o trabalho realizado em conjunto entre a CMB e o Comitê Rio 2016 neste que é considerado o projeto Olímpico e Paralímpico mais sustentável da história dos Jogos
Data da publicação: 22/07/2016
 
 
 O superintendente Marcos Pereira ao lado das medalhas da Rio 2016
 
 
O superintendente de Meio Ambiente e Qualidade da Casa da Moeda (CMB), Marcos Pereira, participou, nesta quarta-feira,20/7, do Lounge de Sustentabilidade do Rio 2016, no Media Press Center, no Parque Olímpico da Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio de Janeiro.
 
Os jornalistas foram conhecer o trabalho realizado em conjunto entre a CMB e o Comitê Rio 2016 neste que é considerado o projeto Olímpico e Paralímpico mais sustentável da história dos Jogos.
 
Mais de 30% da prata e do bronze utilizados na produção das medalhas de premiação são reciclados; o ouro utilizado é inteiramente isento de mercúrio; as fitas das medalhas foram tecidas com 50%, em média, de fios PET reciclados; todos os insumos dos produtos provenientes de madeira (certificados, estojos e diplomas) têm certificação FSC (Forest Stewardship Council®), garantia de que a origem é de áreas com manejo ambiental sustentável e socialmente responsável. 
 
Ao todo, estão sendo produzidas 5.130 medalhas de premiação, sendo 2.488 Olímpicas e 2.642 Paralímpicas. Só na CMB, houve a participação de mais de 100 empregados, de várias áreas, entre elas, artística, de sustentabilidade, engenharia e produção.
 

"Essa é uma grande oportunidade de divulgar todo o trabalho da Casa da Moeda do Brasil no projeto olímpico e, principalmente, toda a inovação relacionada à sustentabilidade aplicada aos Jogos Rio 2016", destacou Marcos Pereira. 

 

Fonte: Casa da Moeda do Brasil
CLSW 105 - bl. A - salas 104 a 106 / Sudoeste - Brasília-DF - 70670-431 - (61) 3234.6282